Pesquisa

Laboratórios

DeepLab - Distributed Environments and Parallel Systems Laboratory

Logotipo do DeepLab

Since 2004, Deeplab (Distributed Environments and Parallel Systems Lab) is a research laboratory that brings together researchers and students of the Computer Science undergraduate program of PUC Minas, Poços de Caldas - Brazil, around themes related to distributed computing  and parallel systems. The DeepLab team members also belong to SIDR@, a research group endorsed by PUC Minas and with a country wide visibility through the CNPq's (Brazilian National Council for Scientific and Technological Development) research group directory. The objective of the lab is to support research in Distributed Systems and Parallel Computation areas through the students' engagement in scientific initiation programs. Inside of these two main areas, the group works in the following research lines:

  • QoS and Cache Mechanisms for Web;
  • Analysis of Computer Systems;
  • Network Security using HoneyNets / HoneyPots;
  • Computer Networks using IPv6;
  • Modelling and Simulation Systems (Sequential and Distributed);
  • Cluster and Grids Architectures;
  • Dependable and Adaptive Distributed Data Management.

For more information, visit DeepLab website.

LAG - Laboratório de Aplicações Gráficas e Desenvolvimento de Jogos

Logotipo do LAG

O LAG (Laboratório de Aplicações Gráficas e Desenvolvimento de Jogos) é um laboratório vinculado ao curso de Ciência da Computação da PUC Minas, campus Poços de Caldas.

Neste laboratório são desenvolvidos projetos e atividades relacionados a:

  • computação gráfica;
  • visão computacional;
  • realidade aumentada;
  • desenvolvimento de jogos 2D e 3D.

Para mais informações, visite o site do LAG.

TVDILab - Laboratório de Televisão Digital Interativa

Logotipo do TVDI Lab

Com a disseminação das tecnologias associadas à multimídia interativa, novas aplicações e formas de interação têm se tornado possíveis. Os diferentes meios com que o usuário pode interagir com uma apresentação multimídia (ou com objetos multimídia) demandam a adaptação das aplicações (eventualmente de forma automática) a determinadas situações, com o objetivo de melhorar a interação em seus diversos níveis. Além disso, a presença da computação de forma ubíqua oferece ao usuário a expectativa de que é possível acessar informações e serviços em todo lugar e a qualquer momento e, para atender a essas expectativas, aspectos de ciência de contexto têm sido usados.

Um vasto número de situações em que o usuário pode estar envolvido, durante uma sessão interativa, exige esforços no sentido de definir como essas interações ocorrem e quais são os melhores critérios para tratamento dessas interações, oferecendo, assim, melhores condições de uso para o usuário final. Uma maneira para melhorar o suporte à interação do usuário é melhorar a comunicação entre as entidades do ambiente durante todo o tempo em que essas interações podem ocorrer. Isto pode ser possível através do uso de informações contextuais obtidas da aplicação, da infra-estrutura de comunicação, das características das mídias utilizadas pela aplicação e das características dos dispositivos e terminais utilizados pelo usuário para ter acesso à informação. Neste sentido, torna-se interessante formalizar um cenário para aplicações interativas, considerando o estado da arte representado pela evolução e convergência dos sistemas digitais (computadores, televisão, telefones e telefonia, infra-estrutura de comunicação de dados, PDAs - Personal Digital Assistant, dentre outros), e propor a utilização de padrões tecnológicos, como é o caso da família MPEG (Moving Picture Experts Group) - MPEG-2 para codificação e transporte do sinal; MPEG-4, para representação de conteúdo multimídia na forma de objetos de mídia; e MPEG-7, para descrição de informação associada ao conteúdo multimídia - nos processos de codificação/decodificação de áudio e vídeo, como parte da infra-estrutura desejável aos Sistemas de Televisão Digital Interativa.

Neste sentido, o Laboratório de Pesquisa em Televisão Digital Interativa (TVDILab) concentra os esforços na consolidação da linha de pesquisa em Televisão Digital Interativa no contexto da PUC Minas e participa da proposição de soluções tecnológicas nessa fase de implantação do Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre (ISDTV-T - International System for Digital Television Terrestrial).

Visite o site do TVDILab.

SIDR@ - Grupo de Pesquisa em Sistemas Distribuídos e Redes

O grupo de pesquisa SIDR@ - Grupo de Pesquisa em Sistemas Distribuídos e Redes reúne professores e pesquisadores nas áreas de Sistemas Distribuídos e de Redes de Computadores. Em específico, o grupo tem pesquisado os sistemas de comunicação de grupo (multicast) e o impacto das propriedades da entrega de mensagens em sistemas transacionais replicados, e também os suportes de comunicação para bancos de dados móveis. Em processamento paralelo inclui-se o desenvolvimento de sistemas para tratamento de imagens solares coletadas pelo Brazilian Decimetric Array (BDA-INPE) e também o levantamento de aplicações e plataformas para computação em grade.

Acesse o site do grupo de pesquisa SIDR@.

Oportunidades RSS (oportunidades)

Contato

Endereço: Av. Padre Francis Cletus Cox, 1661 – Jardim Country Club

CEP: 37701-355

Poços de Caldas - MG

Telefone: (35) 3729-9215

FAX: (35) 3729-9201

Coordenador: Prof. João Carlos de Moraes Morselli Júnior

E-mail: [javascript protected email address]